Gal Costa (rss)

Gal Costa - Deixa Sangrar (O Carnaval 1971) (1970)

Notapor Roy58 » Lun 20 Abr, 2015 12:29 am

Composición: Caetano Veloso

Imagen



Letra

Procurando pro você
Meu amor onde está
Meu Deus! Mas que felicidade
Te encontrar pela cidade
Com essa cara linda
Ao sol do meio dia
Rebolando na avenida
Pra desgraça e glória dessa vida

Deixa o mar ferver
Deixa o sol despencar
Deixa o coração bater se despedaçar
Chora depois mais agora deixa sangrar
Deixa o carnaval passar

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Canta Brasil (1981)

Notapor Roy58 » Sab 25 Abr, 2015 1:27 am

Composición: Alcyr Pires Vermelho/ David Nasser

Imagen



Versión de Leny Eversong AQUÍ! :flecha:

Letra

As selvas te deram nas noites teus ritmos bárbaros
E os negros trouxeram de longe reservas de pranto
Os brancos falavam de amor nas suas canções
E dessa mistura de vozes nasceu o teu canto

Brasil, minha voz enternecida
Já dourou os teus brasões
Na expressão mais comovida
Das mais ardentes canções

Também, na beleza deste céu
Onde o azul é mais azul
Na aquarela do Brasil
Eu cantei de norte a sul

Mas agora o teu cantar
Meu Brasil quero escutar
Nas preces da sertaneja
Nas ondas do rio-mar

Oh! Este rio turbilhão
Entre selvas e rojão
Continente a caminhar
No céu, no mar, na terra!
Canta Brasil!!

Na beleza deste céu
Onde o azul é mais azul
Na aquarela do Brasil
Eu cantei de norte a sul

Mas agora o teu cantar
Meu Brasil quero escutar
Nas preces da sertaneja
Nas ondas do rio-mar

Oh! Este rio turbilhão
Entre selvas e rojão
Continente a caminhar
No céu, no mar, na terra!
Canta Brasil!!

No céu, no mar, na terra!
Canta Brasil!!

No céu, no mar, na terra!
Canta Brasil!!

No céu, no mar, na terra!
Canta Brasil!!

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Quem Te Viu, Quem Te Vê (1995)

Notapor Roy58 » Jue 14 May, 2015 10:46 pm

Composición: Chico Buarque De Hollanda



Versión de Chico Buarque AQUÍ! :flecha:

Versión de Paulinho Nogueira AQUÍ! :flecha:

Versión de Nara Leão AQUÍ! :flecha:

Versión de Simone AQUÍ! :flecha:

Versión de Leila Pinheiro AQUÍ! :flecha:

Letra

Você era a mais bonita das cabrochas dessa ala
Você era a favorita onde eu era mestre-sala
Hoje a gente nem se fala, mas a festa continua
Suas noites são de gala, nosso samba ainda é na rua

Hoje o samba saiu procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece não pode mais ver pra crer
Quem jamais a esquece não pode reconhecer

Quando o samba começava, você era a mais brilhante
E se a gente se cansava, você só seguia adiante
Hoje a gente anda distante do calor do seu gingado
Você só dá chá dançante onde eu não sou convidado

Hoje o samba saiu procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece não pode mais ver pra crer
Quem jamais a esquece não pode reconhecer

O meu samba se marcava na cadência dos seus passos
O meu sono se embalava no carinho dos seus braços
Hoje de teimoso eu passo bem em frente ao seu portão
Pra lembrar que sobra espaço no barraco e no cordão

Hoje o samba saiu procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece não pode mais ver pra crer
Quem jamais a esquece não pode reconhecer

Todo ano eu lhe fazia uma cabrocha de alta classe
De dourado eu lhe vestia pra que o povo admirasse
Eu não sei bem com certeza porque foi que um belo dia
Quem brincava de princesa acostumou na fantasia

Hoje o samba saiu procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece não pode mais ver pra crer
Quem jamais a esquece não pode reconhecer

Hoje eu vou sambar na pista, você vai de galeria
Quero que você assista na mais fina companhia
Se você sentir saudade, por favor não dê na vista
Bate palmas com vontade, faz de conta que é turista

Hoje o samba saiu procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece não pode mais ver pra crer
Quem jamais a esquece não pode reconhecer
"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Saudosismo (1968)

Notapor Roy58 » Lun 01 Jun, 2015 7:07 pm

Composición: Caetano Veloso



Versión de Caetano Veloso AQUÍ! :flecha:

Versión de Erasmo Carlos AQUÍ! :flecha:

Versión de Miúcha & Bebel Gilberto AQUÍ! :flecha:

Versión de Rosalia De Souza AQUÍ! :flecha:

Letra

Eu, você, nós dois
Já temos um passado, meu amor
Um violão guardado, aquela flor
E outras murmuras mais

Eu, você, João
Girando na vitrola sem parar
E o mundo dissonante que nós dois
Tentamos inventar, tentamos inventar
Tentamos inventar, tentamos

A felicidade
A felicidade
A felicidade
A felicidade

Eu, você, depois
Quarta-feira de cinzas no país
E as notas dissonantes se integraram
Ao som dos imbecis

Sim, você, nós dois
Já temos um passado, meu amor
A bossa, a fossa, a nossa grande dor
Como dois quadradões

Lobo, lobo, bobo
Lobo, lobo, bobo
Lobo, lobo, bobo
Lobo, lobo, bobo

Eu, você, João
Girando na vitrola sem parar
E eu fico comovido de lembrar
O tempo e o som

Ah, como era bom
Mas chega de saudade a realidade
É que aprendemos com João
Pra sempre ser desafinado
Ser desafinado, ser desafinado, ser

Chega de saudade
Chega de saudade
Chega de saudade
Chega de saudade

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa & Tom Jobim - Caminhos Cruzados (1992)

Notapor Roy58 » Dom 21 Jun, 2015 5:10 am

Composición: Tom Jobim/ Newton Mendonça

Imagen



Versión de Rosa Passos AQUÍ! :flecha:

Versión de Leila Pinheiro AQUÍ! :flecha:

Letra

Quando um coração que está cansado de sofrer,
Encontra um coração também cansado de sofrer,
É tempo de se pensar,
Que o amor pode de repente chegar.

Quando existe alguém que tem saudade de outro alguém
E esse outro alguém não entender,
Deixa esse novo amor chegar,
Mesmo que depois seja imprescindível chorar.

Que tolo fui eu que em vão tentei raciocinar
Nas coisas do amor que ninguém pode explicar!
Vem, nós dois vamos tentar
Só um novo amor pode a saudade apagar

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Azul (1982)

Notapor Roy58 » Vie 26 Jun, 2015 11:32 pm

Composición: Djavan

Imagen



Versión de Djavan AQUÍ! :flecha:

Letra


Eu não sei
Se vem de Deus
Do céu ficar azul
Ou virá
Dos olhos teus
Essa cor
Que azuleja o dia

Se acaso anoitecer
E o céu perder o azul
Entre o mar e o entardecer
Alga marinha, vá na maresia
Buscar ali um cheiro de azul
Essa cor não sai de mim
Bate e finca pé
A sangue de rei

Até o sol nascer amarelinho
Queimando mansinho
Cedinho, cedinho (cedinho)
Corre e vá dizer
Pro meu benzinho
Um dizer assim
O amor é azulzinho

Até o sol nascer amarelinho
Queimando mansinho
Cedinho, cedinho cedinho
Corre e vá dizer
Pro meu benzinho
Um dizer assim
O amor é azulzinho
"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Atrás Da Luminosidade (1984)

Notapor Roy58 » Dom 16 Ago, 2015 4:33 pm

Composición: Teca Calazans

Imagen



Letra

Andar à toa por aí
Atrás da luminosidade
De porta em porta, casa em casa
Rua em rua, que vontade
De não ter direção, profissão
Nada pra oferecer
De ser que nem balão
Sair do chão
Pra todo mundo ver<

Sentindo a força irresistível da cidade
O meu sorriso cheio de
Vendo a moçada bater palma com vontade
Atração e novidade que eu preciso pra viver

Atrás de mim vem o clarim
Na minha frente a mocidade
Vem um tamanho som sem fim
Do povo todo em liberdade
Só quero aproveitar a ocasião
Que a natureza me deu
Será que é pretensão meu coração
Ser pura eletricidade

Sentindo a força irresistível da cidade
O meu sorriso cheio de felicidade
Vendo a moçada bater palma com vontade
Atração e novidade que eu preciso pra viver

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Louca Me Chamam (1977)

Notapor Roy58 » Lun 07 Sep, 2015 1:32 am

Gal Costa - Louca Me Chamam (Crazy He Calls Me) (1977)

Composición: Bob Russel/ Carl Sigman

Imagen



Letra

Eu moverei montanhas
Sem mover montanhas
Se ele assim quiser moverei
Louca me chamam
Sim, sou louca
Louca de amor eu sei

Eu andarei no fogo
Sem andar no fogo
Se ele assim quiser andarei
Louca me chamam
Sim, sou louca
Louca de amor serei

Como o ar
Que move a palha
E abala o seu olhar
A música eu sei cantar
A mágica eu posso lhe ensinar

Eu te darei pra sempre
Digo para sempre
Te darei a chave do céu
Louca me chamam
Sim, sou louca
Louca de amor serei

Como o ar
Que move a palha
E abala o seu olhar
A música eu sei cantar
A mágica eu posso lhe ensinar

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa & Caetano Veloso - No Tabuleiro Da Baiana (1980)

Notapor Roy58 » Sab 17 Oct, 2015 2:51 pm

Composición: Ary Barroso

Imagen



Versión de Walter Wanderley AQUÍ! :flecha:

Letra

No tabuleiro da baiana tem
Vatapá, oi
Caruru
Mungunzá
Tem umbu
Pra ioiô
Se eu pedir você me dá
O seu coração
Seu amor de iaiá

No coração da baiana tem
Sedução
Canjerê
Ilusão
Candomblé
Pra você

Juro por Deus
Pelo senhor do Bonfim
Quero você, baianinha, inteirinha pra mim
E depois o que será de nós dois
Seu amor é tão fulgáz, enganador

Tudo já fiz
Fui até num canjerê
Pra ser feliz
Meus trapinhos juntar com você
E depois vai ser mais uma ilusão
No amor quem governa é o coração

No tabuleiro da baiana tem
Vatapá, oi
Caruru
Mungunzá
Tem umbu
Pra ioiô
Se eu pedir você me dá
O seu coração
Seu amor de iaiá

No coração da baiana também tem
Sedução
Canjerê
Ilusão
Candomblé
Pra você

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - A Rã (1974)

Notapor Roy58 » Dom 08 Nov, 2015 6:25 am

Composición: Caetano Veloso/ João Donato

Imagen



Versión de João Donato (A Rã) AQUÍ! :flecha:

Versión de João Gilberto (O Sapo) AQUÍ! :flecha:

Versión de Sérgio Mendes & Brasil '66 (O Sapo) AQUÍ! :flecha:

Letra

Couro de cor
Sombra de som de cor
De malmequer
De malmequer de bem
De bem me diz
De me dizendo assim, serei feliz
Serei feliz de flor
De flor em flor
De samba em samba em som
De vai e vem
De ver de verde ver
Pé de capim
Bico de pena, piu de bem-te-vi
Amanhecendo assim perto de mim
Perto da claridade da manhã
A grama, a lama, tudo
A minha irmã
A rã, o sapo, o salto de uma rã

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Pegando Fogo (1982)

Notapor Roy58 » Vie 04 Dic, 2015 9:32 pm

Composición: José Maria de Abreu/ Francisco Mattoso

Marchinha de carnaval




Letra

Meu coração amanheceu pegando fogo, fogo, fogo
Foi uma morena que passou perto de mim
E que me deixou assim
Morena boa que passa
Com sua graça infernal
Mexendo com nossa raça
Deixando a gente até mal
Mande chamar o bombeiro
Pra esse fogo apagar
E se ele não vem ligeiro
Nem cinzas vai encontrar

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - De Volta Ao Começo (1984)

Notapor Roy58 » Sab 02 Ene, 2016 4:15 pm

Composición: Luiz Gonzaga Jr.

Una canción de Gonzaguinha pero para mí, sin duda esta es la mejor versión. Sin embargo, ya te he dicho que soy sospechoso para hablar cuando de Gal Costa se trata...!


Imagen



Versión de Luiz Gonzaga Jr. (Gonzaguinha) AQUÍ! :flecha:

Versión de Nana Caymmi AQUÍ! :flecha:

Versión de Emílio Santiago AQUÍ! :flecha:

Versión de Roupa Nova AQUÍ! :flecha:

Letra

E o menino com o brilho sol
Na menina dos olhos sorri e estende a mão
Entregando o seu coração
E eu entrego o meu coração
E eu entro na roda e canto as antigas cantigas
De amigo irmão
As canções de amanhecer
Lumiar a escuridão
E é como se eu despertasse de um sonho
Que não me deixou viver
Que a vida explodisse em meu peito
Com as cores que eu não sonhei
E é como se eu descobrisse
Que a força esteve o tempo todo em mim
E é como se então de repente
Eu chegasse ao fundo do fim
De volta ao começo
De volta ao começo
Ao fundo do fim
"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Candeias (1967)

Notapor Roy58 » Dom 10 Ene, 2016 7:11 pm

Composición: Edu Lobo

Aunque este tema proviene del disco "Domingo" con Caetano Veloso, la canción fue grabada como solista por Gal.


Imagen



Versión de Edu Lobo AQUÍ! :flecha:

Versión de Leila Pinheiro (medley) AQUÍ! :flecha:

Letra

Ainda hoje vou-me embora pra Candeias
Ainda hoje meu amor eu vou voltar
Da terra nova nem saudades vou levando
Pelo contrário, pouca história pra contar

Quero ver a lua vindo por detrás da samambaia
Rede de palha se abrindo
Em cada palmo de praia
Quero ver a lua branca clareando como um dia
E nos seus olhos de espanto
Tudo quanto eu mais queria

Ainda hoje vou me embora pra Candeias
Ainda hoje meu amor eu vou voltar
Da terra nova nem saudades vou levando
Pelo contrário, pouca história pra contar

E nas sombras lá de longe, lá onde o céu principia
Quero ver mestre proeiro no remo e na valentia
Procissão de velas brancas no sentido da Bahia
Procissão de velas brancas no sentido da Bahia
Da Bahia

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Fim De Caso (2004)

Notapor Roy58 » Sab 05 Mar, 2016 5:17 pm

Composición: Dolores Duran

Imagen



Versión de Walter Wanderley AQUÍ! :flecha:

Versión de Clara Nunes AQUÍ! :flecha:

Versión de Nana Caymmi AQUÍ! :flecha:

Letra

Eu desconfio que o nosso caso está na hora de acabar
Há um adeus em cada gesto, em cada olhar
O que não temos é coragem de falar
Nós já tivemos a nossa fase de carinho apaixonado
De fazer versos, de viver sempre abraçados
Naquela base do só vou se você for
Mas de repente, fomos ficando cada dia mais sozinhos
Embora juntos cada qual tem seu caminho
E já não temos nem coragem de brigar
Tenho pensado, e Deus permita que eu esteja errada
Mas eu estou, ah eu estou desconfiada
Que o nosso caso está na hora de acabar

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

Gal Costa - Mal Secreto (ao vivo 1971)

Notapor Roy58 » Jue 24 Mar, 2016 4:39 am

Composición: Jards Macalé/ Waly Salomão

Para nada me gusta pero está considerada una de las más escuchadas de su gran repertorio. Hay de todo...


Imagen



Letra

Não choro
Meu segredo é que sou
Rapaz esforçado
Fico parado, calado, quieto
Não corro
Não choro
Não converso
Massacro meu medo
Mascaro minha dor
Já sei sofrer
Não preciso de gente
Que me oriente
Se você me pergunta:
Como vai?
Respondo sempre igual:
Tudo legal
Mas quando você vai embora
Movo meu rosto do espelho
Minha alma chora
Vejo o Rio de Janeiro
Comovo, não saldo, não mudo
Meu sujo olho vermelho
Não fico parado
Não fico calado
Não fico quieto
Corro, choro, converso e tudo mais
Jogo num verso
Intitulado o mal secreto

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7830
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1693
Gracias recibidas: 1648

AnteriorSiguiente

Volver a BRASIL

¿Quién está conectado?

Usuarios navegando por este Foro: No hay usuarios registrados visitando el Foro y 1 invitado