Gal Costa (rss)

Gal Costa - Não Identificado (1968)

Notapor Roy58 » Vie 12 Dic, 2014 4:54 pm

Una canción de Caetano Veloso, un tanto al estilo Jovem Guarda, parodiando un asunto romántico con el objeto OVNI. Recordemos que en ese año de grabación de esta canción, el hombre aún no había puesto un pie en la luna.

Imagen



Letra

Eu vou fazer uma canção pra ela
Uma canção singela, brasileira
Para lançar depois do carnaval
Eu vou fazer um iê-iê-iê romântico
Um anti-computador sentimental

Eu vou fazer uma canção de amor
Para gravar num disco voador
Eu vou fazer uma canção de amor
Para gravar num disco voador

Uma canção dizendo tudo a ela
Que ainda estou sozinho, apaixonado
Para lançar no espaço sideral
Minha paixão há de brilhar na noite
No céu de uma cidade so interior

Como um objeto não identificado
Como um objeto não identificado
Que ainda estou sozinho apaixonado
Como um objeto não identificado

Para gravar num disco voador
Eu vou fazer uma canção de amor
Como um objeto não identificado

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Pérola Negra (1971)

Notapor Roy58 » Vie 12 Dic, 2014 6:06 pm

Imagen



Letra

Tente passar pelo que estou passando
Tente apagar este teu novo engano
Tente me amar pois estou te amando
Baby te amo nem sei se te amo
Tente usar a roupa que estou usando
Tente esquecer em que ano estamos
Arranje algum sangue escreva num pano
Pérola negra te amo, te amo
Rasgue a camisa enxugue meu pranto
Como prova de amor
Mostre teu novo canto
Escreva num quadro em palavras gigantes
Pérola negra te amo, te amo
Tente aprender tudo mais sobre o sexo
(Peça-me um) peça meu livro
Querendo te empresto
Se inteire da coisa
Sem haver engano
Baby te amo
Nem sei se te amo

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Nuvem Negra (1993)

Notapor Roy58 » Vie 19 Dic, 2014 2:50 am

Composición: Djavan

Imagen



Versión de Djavan & Gal Costa & Chico Buarque AQUÍ! :flecha:

Versión de Nana Caymmi AQUÍ! :flecha:

Letra

Não adianta
Me ver sorrir
Espelho meu
Meu riso é seu
Eu estou ilhada
Hoje não ligo a TV
Nem mesmo pra ver o Jô
Não vou sair
Se ligarem não estou
À manhã que vem
Nem bom-dia eu vou dar
Se chegar alguém
A me pedir um favor
Eu não sei
Tá difícil ser eu
Sem reclamar de tudo
Passa a nuvem negra
Larga o dia
E vê se leva o mal
Que me arrasou
Pra que não faça sofrer
Mais ninguém
Esse amor
Que é raro
E é preciso
Pra nos levantar
Me derrubou
Não sabe parar
De crescer
E doer

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Três Da Madrugada (1973)

Notapor Roy58 » Sab 27 Dic, 2014 12:19 am

Imagen Imagen



Letra

Três da madrugada
Quase nada
A cidade abandonada
E essa rua que não tem mais fim
Três da madrugada
Tudo e nada
A cidade abandonada
E essa rua não tem mais nada de mim
Nada
Noite, alta madrugada
Essa cidade que me guarda
Que me mata de saudade
É sempre assim
Triste madrugada
Tudo e nada
A mão fria, a mão gelada
Toca bem de leve em mim
Saiba
Meu pobre coração não vale nada
Pelas três da madrugada
Toda a palavra calada
Dessa rua da cidade
Que não tem mais fim
Que não tem mais fim
Que não tem mais fim

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Roda Baiana (1981)

Notapor Roy58 » Lun 29 Dic, 2014 5:07 am

Esta canción fue extraída de la banda sonora de la novela Terras Do Sem Fim pero pertenece al LP de Gal "Fantasia" de 1981

Imagen



Letra

A maré na vazante
Tá querendo encostar
Tá querendo entregar
Uma estrela brilhante
Caída do mar, ê!
Pelo teu remelexo, ô!
Pelo nó nas cadeiras, ah!
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Rodar!
Marinheiro mercante
Tá querendo atracar
Tá querendo te dar
Um anel, um turbante
Pulseira e colar, ê!
Pelo teu remelexo, ô!
E pelo nó nas cadeiras, ah!
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Rodar!
Areia da praia tá querendo jogar
Tá querendo bordar
Nessa barra de saia
Vidrilho e luar, ê!
Pelo teu remelexo, ô!
E pelo nó nas cadeiras, ah!
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Rodar!
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Rodar!

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Por Causa De Você (1999)

Notapor Roy58 » Sab 10 Ene, 2015 1:17 am

Composición: Antônio Carlos Jobim/ Dolores Duran

Imagen



Versión de Antônio Carlos Jobim AQUÍ! :flecha:

Versión de Leny Eversong AQUÍ! :flecha:

Versión de Quarteto EmCy (medley) AQUÍ! :flecha:

Versión de Walter Wanderley AQUÍ! :flecha:

Versión de Nara Leão AQUÍ! :flecha:

Versión de Paulinho Nogueira AQUÍ! :flecha:

Versión de Roberto Carlos AQUÍ! :flecha:

Letra

Ah, você tá vendo só
Do jeito que eu fiquei
E que tudo ficou
Uma tristeza tão grande
Nas coisas mais simples
Que você tocou
A nossa casa querido
Já estava acostumada
Guardando você
As flores na janela
Sorriam, cantavam
Por causa de você
Olhe, meu bem, nunca mais
Nos deixe por favor
Somos a vida e o sonho
Nós somos o amor
Entre, meu bem, por favor
Não deixe o mundo mau lhe levar outra vez
Me abrace simplesmente
Não fale, não lembre
Não chore, meu bem

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Dois De Fevereiro (1976)

Notapor Roy58 » Mar 13 Ene, 2015 3:00 am

Imagen



Versión de Maria Bethânia AQUÍ! :flecha:

Versión de Rosa Passos AQUÍ! :flecha:

Letra

Dia dois de fevereiro
Dia de festa no mar
Eu quero ser o primeiro
A saudar Iemanjá
Dia dois de fevereiro
Dia de festa no mar
Eu quero ser o primeiro
A saudar Iemanjá
Escrevi um bilhete a ela
Pedindo pra ela me ajudar
Ela então me respondeu
Que eu tivesse paciência de esperar
O presente que eu mandei pra ela
De cravos e rosas vingou
Chegou, chegou, chegou
Afinal que o dia dela chegou
Chegou, chegou, chegou
Afinal que o dia dela chegou

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Paula E Bebeto (1978)

Notapor Roy58 » Sab 24 Ene, 2015 8:33 pm

Composición de Caetano Veloso y Milton Nascimento

Imagen



Versión de Milton Nascimento AQUÍ! :flecha:

Letra

Ê vida, vida, que amor brincadeira, à vera
Eles se amaram de qualquer maneira, à vera

Qualquer maneira de amor vale à pena
Qualquer maneira de amor vale amar

Pena, que pena, que coisa bonita, diga
Qual a palavra que nunca foi dita, diga
Qualquer maneira de amor vale aquela / amar / à pena / valerá

Eles partiram por outros assuntos, muitos
Mas no meu canto estarão sempre juntos, muito

Qualquer maneira que eu cante este canto
Qualquer maneira me vale cantar

Eles se amam de qualquer maneira, à vera
Eles se amam é prá vida inteira, à vera

Qualquer maneira de amor vale o canto
Qualquer maneira me vale cantar
Qualquer maneira de amor vale aquela
Qualquer maneira de amor valerá

Pena, que pena, que coisa bonita, diga
Qual a palavra que nunca foi dita, diga

Qualquer maneira de amor vale o canto
Qualquer maneira me vale cantar
Qualquer maneira de amor vale aquela
Qualquer maneira de amor valerá

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Alguém Como Tu (2004)

Notapor Roy58 » Jue 29 Ene, 2015 11:52 pm

Imagen



Letra

Alguém como tu
Assim como tu
Eu preciso encontrar
Alguém sempre meu
De olhar como o teu
Que me faça sonhar
Amores eu sei
Na vida eu achei e perdi
Mas nunca ninguém desejei
Como desejo a ti
Se tudo acabou
Se o amor já passou
Há de um sonho ficar
Sozinho estarei
E alguém eu irei
Procurar
Eu sei que outro amor posso ter
E um novo romance viver
Mas sei que também
Assim como tu
Mais ninguém
Assim como tu
Mais ninguém

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Pra Machucar Meu Coração (2004)

Notapor Roy58 » Jue 29 Ene, 2015 11:59 pm

Del mismo disco



Versión de João Gilberto & Stan Getz AQUÍ! :flecha:

Letra

Tá fazendo um ano e meio, amor
Que o nosso lar desmoronou
Meu sabiá, meu violão
E uma cruel desilusão
Foi tudo que ficou
Ficou
Prá machucar meu coração

Tá fazendo um ano e meio, amor
Que o nosso lar desmoronou
Meu sabiá, meu violão
E uma cruel desilusão
Foi tudo que ficou
Ficou
Prá machucar meu coração

Quem sabe, não foi bem melhor assim
Melhor prá você e melhor prá mim
O mundo é uma escola
Onde a gente precisa aprender
A ciência de viver prá não sofrer

Tá fazendo um ano e meio, amor
Que o nosso lar desmoronou
Meu sabiá, meu violão
E uma cruel desilusão
Foi tudo que ficou
Ficou
Prá machucar meu coração
Prá machucar meu coração
Prá machucar

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Divino, Maravilhoso (1968)

Notapor Roy58 » Vie 30 Ene, 2015 12:26 am

De su disco Gal Costa de 1968, esta canción fue defendida por Gal Costa en uno de los famosos festivales de fines de los 60s en Brasil: el de TV Record en 1968.

Imagen




(subido por videoclipp)

Letra

Atenção ao dobrar uma esquina
Uma alegria, atenção menina
Você vem, quantos anos você tem?
Atenção, precisa ter olhos firmes
Pra este sol, para esta escuridão

Atenção
Tudo é perigoso
Tudo é divino maravilhoso
Atenção para o refrão
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte

Atenção para a estrofe e pro refrão
Pro palavrão, para a palavra de ordem
Atenção para o samba exaltação

Atenção
Tudo é perigoso
Tudo é divino maravilhoso
Atenção para o refrão
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte

Atenção para as janelas no alto
Atenção ao pisar o asfalto, o mangue
Atenção para o sangue sobre o chão

Atenção
Tudo é perigoso
Tudo é divino maravilhoso
Atenção para o refrão
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Você Não Gosta De Mim (2004)

Notapor Roy58 » Sab 21 Feb, 2015 3:09 am

Yo no te gusto...

Imagen



Letra

Você não gosta de mim
Não sinto o ar se aquecer
Ao redor de você
Quando eu volto da estrada
Por que será que é assim?
Dou ao seus lábios a mão
E eles nem dizem não
E eles não dizem nada
Como é que vamos viver
Gerando luz sem calor?
Que imagem do amor podemos nos oferecer?
Você não gosta de mim
Que novidade infeliz
O seu corpo me diz
Pelos gestos da alma
A gente vê que é assim
Seja de longe ou de perto
No errado ou no certo
Na fúria e na calma
Você me impede de amar
...E eu que só gosto do amor
Por que é que não nos dizemos que tudo acabou?
Talvez assim descubramos o que é que nos une
Medo, destino, capricho ou um mistério maior
Eu jamais cri que o ciúme nos tornasse imune ao desamor
Então, por favor
Evite esse costume ruim

Você não gosta de mim
É só ciúme vazio
Essa chama de frio
Esse rio sem água
Por que será que é assim?
Somente encontra motivo
Pra manter-se vivo
Esse amor pela mágoa
Então digamos adeus
E nos deixemos viver
Já não faz nenhum sentido
Eu gostar de você

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Brigas Nunca Mais/ Discussão (1999)

Notapor Roy58 » Lun 23 Feb, 2015 12:49 am

Gal Costa - Brigas Nunca Mais/ Discussão (ao vivo 1999)

Del disco Gal Canta Tom Jobim



Versión de João Gilberto (Brigas Nunca Mais) AQUÍ! :flecha:

Versión de Marlene (Brigas Nunca Mais) AQUÍ! :flecha:

Versión de Elis Regina & Tom Jobim (Brigas Nunca Mais) AQUÍ! :flecha:

Versión de Ana Caram (Brigas Nunca Mais) AQUÍ! :flecha:

Versión de Cláudia Telles (Brigas Nunca Mais) AQUÍ! :flecha:

Versión de Joyce (Brigas Nunca Mais) AQUÍ! :flecha:

Versión de Paula Morelenbaum (Brigas Nunca Mais) AQUÍ! :flecha:

Versión de Djavan (Brigas Nunca Mais) AQUÍ! :flecha:

Versión de Cláudia Telles (Discussão) AQUÍ! :flecha:

Versión de Leila Pinheiro (Discussão) AQUÍ! :flecha:

Brigas Nunca Mais

Chegou, sorriu, venceu depois chorou
Então fui eu quem consolou sua tristeza
Na certeza de que o amor tem dessas fases más
E é bom para fazer as pazes, mas
Depois fui eu quem dela precisou
E ela então me socorreu
E o nosso amor mostrou que veio prá ficar
Mais uma vez por toda a vida
Bom é mesmo amar em paz
Brigas nunca mais


Discussão

Se você pretende sustentar opinião
E discutir por discutir
Só prá ganhar a discussão
Eu lhe asseguro, pode crer
Que quando fala o coração
Às vezes é melhor perder
Do que ganhar, você vai ver
Já percebi a confusão
Você quer ver prevalecer
A opinião sobre a razão
Não pode ser, não pode ser
Prá que trocar o sim por não
Se o resultado é solidão
Em vez de amor, uma saudade
Vai dizer quem tem razão

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Chovendo Na Roseira (1999)

Notapor Roy58 » Mar 31 Mar, 2015 3:41 am

También del disco "Canta Tom Jobim Ao Vivo"



Versión de Elis Regina & Tom Jobim AQUÍ! :flecha:

Versión de Miúcha & João Gilberto & Stan Getz AQUÍ! :flecha:

Versión de Ana Caram AQUÍ! :flecha:

Versiones de Carol Saboya (sola y medley) AQUÍ! :flecha:

Letra

Olha, está chovendo na roseira
Que só dá rosa, mas não cheira
A frescura das gotas úmidas
Que é de Luisa
Que é de Paulinho
Que é de João
Que é de ninguém

Pétalas de rosa carregadas pelo vento
Um amor tão puro carregou meu pensamento

Olha, um tico-tico mora ao lado
E passeando no molhado
Adivinhou a primavera

Olha que chuva boa prazenteira
Que vem molhar minha roseira
Chuva boa criadeira
Que molha a terra
Que enche o rio
Que limpa o céu
Que traz o azul

Olha o jasmineiro está florido
E o riachinho de água esperta
Se lança em vasto rio de águas calmas

Ah, você é de ninguém
Ah, você é de ninguém

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

Gal Costa - Tudo Dói (2011)

Notapor Roy58 » Jue 16 Abr, 2015 12:30 am

Compuesta por Caetano Veloso. No sé en qué estaban pensando...

Imagen



Letra

Tudo dói
Tudo dói
Tudo dói

Viver é um desastre que sucede a alguns
Nada temos sobre os não nenhuns
Que nunca viriam

As cascas das árvores crescem no escuro
As cascatas a 24 fotogramas por segundo
Os vocábulos iridescem
Os hipotálamos minguam
Tudo é singular

Dói

Tudo dói

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7668
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1667
Gracias recibidas: 1624

AnteriorSiguiente

Volver a BRASIL

¿Quién está conectado?

Usuarios navegando por este Foro: No hay usuarios registrados visitando el Foro y 1 invitado