Simone (rss)

Simone - Bandeira Branca (1973)

Notapor Roy58 » Dom 18 Nov, 2012 7:27 pm

Aunque no lo creas al escuchar esta versión de Simone, ya que ella le imprimió un ritmo acorde con la letra, esta "Bandeira Branca" es (o debería ser, incluso en la voz de Simone) una marchinha de carnaval en los salones de clubes.
Fue grabada por primera vez por Dalva de Oliveira para el carnaval de 1970, último año en el que hegemonizaron las canciones llamadas "carnavalescas". Del año siguiente en adelante, las que predominaron fueron las canciones compuestas para las Escuelas de Samba, esto es, los "samba-enredos".
Demás está decirte que esta NO es una versión que a mí me guste, pero ya te lo he dicho antes, no voy a poner solo lo que me gusta si no todo lo que fue popular en su momento. Algo muy parecido hizo con la sabrosa canción de Martinho "Disritmia"!

Al lado en el link, para que veas de qué te hablo: AQUÍ! :flecha:


Imagen



Letra

Bandeira branca amor
Não posso mais
Pela saudade que me invade
Eu peço paz

Saudade mal de amor de amor
Saudade dor que dói demais
Vem meu amor bandeira branca
Eu peço paz

Paz, paz paz

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Samba Pro João Gilberto (1975)

Notapor Roy58 » Jue 22 Nov, 2012 2:39 am

Imagen



Letra

Arregaça o colo, morena, pra eu, regaça
De polo a polo, Isso que Deus lhe deu de graça

Que eu me consolo
Em pensar que isso é meu
Como você prometeu
E, se não for, morena
Eu te violo

Arregaça o colo, morena, pra eu, regaça
Quero teu corpo espalhado no meu, devassa

Sem brinco, argola
Anel ou camafeu
Nada no leito de Orfeu
Só na vitrola a voz
Do João em solo

Regaça o colo pra eu, morena, devassa

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Codinome Beija-Flor (ao vivo)

Notapor Roy58 » Jue 22 Nov, 2012 3:00 am

Gran éxito del malogrado rockero Cazuza, ex Barão Vermelho

Imagen
(imagen referencial de un dúo con Cazuza)



Versión de Joanna & Cazuza AQUÍ! :flecha:

Versión de Fábio Jr. AQUÍ! :flecha:

Versión de Luiz Melodia AQUÍ! :flecha:

Versión de Gian e Giovani AQUÍ! :flecha:

Letra

Pra que mentir
Fingir que perdoou
Tentar ficar amigos sem rancor
A emoção acabou
Que coincidência é o amor
A nossa música nunca mais tocou.

Pra que usar de tanta educação
Pra destilar terceiras intenções
Desperdiçando o meu mel
Devagarzinho, flor em flor
Entre os meus inimigos, beija-flor

Eu protegi o teu nome por amor
Em um codinome, Beija-flor
Não responda nunca, meu amor
Pra qualquer um na rua, Beija-flor

Que só eu que podia
Dentro da tua orelha fria
Dizer segredos de liquidificador

Você sonhava acordada
Um jeito de não sentir dor
Prendia o choro e aguava o bom do amor
Prendia o choro e aguava o bom do amor

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Começaria Tudo Outra Vez

Notapor Roy58 » Jue 22 Nov, 2012 3:06 am

Imagen



Versión de Gonzaguinha AQUÍ! :flecha:

Versión de Maria Bethânia AQUÍ! :flecha:

Versión de Maria Creuza AQUÍ! :flecha:

Letra

Começaria tudo outra vez
Se preciso fosse meu amor
A chama no meu peito ainda queima
Saiba, nada foi em vão

A cuba-libre da coragem em minha mão
A dama de lilás me mechucando o coração
A febre de sentir seu corpo inteiro
Coladinho ao meu

E então eu cantaria a noite inteira
Como eu já cantei e cantarei
As coisas todas que já tive
Tenho e sei que um dia terei

A fé no que virá e a alegria
De poder olhar pra trás
E ver que voltaria com você
De novo a viver nesse imenso salão
Ao som desse bolero, a vida, vamos nós
E não estamos sós, veja meu bem
A orquestra nos espera, por favor
Mais uma vez, recomeçar

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Outra Vez

Notapor Roy58 » Mar 22 Oct, 2013 1:02 am



Versión de Roberto Carlos AQUÍ! :flecha:

Letra

Você foi o maior dos meus casos
De todos os abraços o que eu nunca esqueci
Você foi dos amores que eu tive
O mais complicado e o mais simples pra mim.
Você foi o melhor dos meus erros
A mais estranha história que alguém já escreveu
E é por essas e outras que a minha saudade
Faz lembrar de tudo outra vez.
Você foi a mentira sincera
Brincadeira mais séria que me aconteceu
Você foi o caso mais antigo
O amor mais amigo que me apareceu
Das lembranças que eu trago na vida
Você é a saudade que eu gosto de ter
Só assim sinto você bem perto de mim outra vez.
Esqueci de tentar te esquecer
Resolvi te querer por querer
Decidi te lembrar quantas vezes eu tenha vontade
Sem nada perder.
Você foi toda a felicidade
Você foi a maldade que só me fez bem
Você foi o melhor dos meus planos
E o pior dos enganos que eu pude fazer
Das lembranças que eu trago na vida
Você é a saudade que eu gosto de ter
Só assim sinto você bem perto de mim outra vez
"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Começar De Novo

Notapor Roy58 » Jue 24 Oct, 2013 2:52 am

Imagen



Versión de Ivan Lins AQUÍ! :flecha:

Versión de Trio Esperança & Ivan Lins AQUÍ! :flecha:

Letra

Começar de novo e contar comigo
Vai valer a pena ter amanhecido
Ter me rebelado, ter me debatido
Ter me machucado, ter sobrevivido
Ter virado a mesa, ter me conhecido
Ter virado o barco, ter me socorrido

Começar de novo e só contar comigo
Vai valer a pena ter amanhecido
Sem as tuas garras sempre tão seguras
Sem o teu fantasma, sem tua moldura
Sem tuas escoras, sem o teu domínio
Sem tuas esporas, sem o teu fascínio
Começar de novo e só contar comigo
Vai valer a pena já ter te esquecido
Começar de novo...
"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores

Notapor Roy58 » Sab 15 Feb, 2014 9:25 pm

Imagen



Versión de Geraldo Vandré AQUÍ! :flecha:

Letra

Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Caminhando e cantando
E seguindo a canção

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Pelos campos há fome
Em grandes plantações
Pelas ruas marchando
Indecisos cordões
Ainda fazem da flor
Seu mais forte refrão
E acreditam nas flores
Vencendo o canhão

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Há soldados armados
Amados ou não
Quase todos perdidos
De armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam
Uma antiga lição
De morrer pela pátria
E viver sem razão

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Somos todos soldados
Armados ou não
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não

Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer
"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Tô Voltando (1979)

Notapor Roy58 » Dom 16 Feb, 2014 6:10 pm

Pensé que la primera vez que habría escuchado esta canción sería de un disco original del cantautor, Chico Buarque, pero ya no tengo tanta seguridad. Muy buen cover con Simone también.

Imagen



Versión de Sérgio Mendes AQUÍ! :flecha:

Versión de Bossacucanova & Monobloco & Roberto Menescal & Cris Delanno AQUÍ! :flecha:

Letra

Pode ir armando o coreto
e preparando aquele feijão preto
Eu tô voltando

Põe meia dúzia de Brahma pra gelar
muda a roupa de cama
Eu tô voltando

Leva o chinelo pra sala de jantar
que é lá mesmo que a mala eu vou largar
quero te abraçar, pode se perfumar
porque eu tô voltando

Dá uma geral, faz um bom defumador
enche a casa de flor
que eu tô voltando

Pega uma praia, aproveita, tá calor
vai pegando uma cor
que eu tô voltando

Faz um cabelo bonito pra eu notar
que eu só quero mesmo é despentear
quero te agarrar
pode se preparar porque eu tô voltando

Põe pra tocar na vitrola aquele som
estréia uma camisola
Eu tô voltando

Dá folga pra empregada
manda a criançada pra casa da avó
que eu tô voltando

Diz que eu só volto amanhã se alguém chamar
telefone não deixa nem tocar
quero lá, lá, lá, ia,
porque eu tô voltando!
(se repite)


Obs: este tema es trasladado del espacio abierto el 4 de agosto del 2012 en favor de la confección del Índice
"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Baiana Da Gema (2004)

Notapor Roy58 » Mar 30 Dic, 2014 10:40 pm

Disco homenaje a Ivan Lins

Imagen



Letra

Guanabará chegou
Bahia chamou pedindo esse tema
Carioca da clara
E baiana da gema
É pra são salvador do arcoador
Do mar de ipanema
Carioca da clara pra
Baiana da gema

Esse samba ajudou o compositor
Com a voz da morena
Carioca da clara com a
Baiana da gema
É um samba de amor
Que a moça gostou
Gostou do poema
Carioca da clara pra
Baiana da gema

O samba é de copacabana pra itapuã
Unindo olodum com a mangueira do amanhã
Ficou assim jóia rara
Que salve a bahia e a guanabara

Guanabara falou, bahia cantou
Pedindo o tira-tema
Guanabara falou
Bahia cantou
Carioca da clara
Baiana da gema
Esse samba é da cor pra nega fulo
Carioca da clara
Baiana da gema
É com esse que eu vou
Bater meu tambor, amar meu esquema
Carioca da clara com
Baiana da gema
O cristo redentor abraçou o pelô
É a bênção suprema
Carioca da clara pra
Baiana da gema
O samba vai
Quem guiaé senhor do bonfim são sebastião
Bahia é minha cara
E todos os santos da guanabara

Guanabará chegou
Bahia chamou pedindo esse tema
Carioca da clara
E baiana da gema
É pra são salvador do arcoador
Do mar de ipanema
Carioca da clara pra
Baiana da gema

Esse samba ajudou o compositor
Com a voz da morena
Carioca da clara com a
Baiana da gema
É um samba de amor
Que a moça gostou
Gostou do poema
Carioca da clara pra
Baiana da gema

O samba é de copacabana pra itapuã
Unindo olodum com a mangueira do amanhã
Ficou assim jóia rara
Que salve a bahia e a guanabara

Esse samba ajudou o compositor
Com a voz da morena
Carioca da clara com a
Baiana da gema
É um samba de amor
Que a moça gostou
Gostou do poema
Carioca da clara pra
Baiana da gema

Esse samba ajudou o compositor
Com a voz da morena
Carioca da clara com a
Baiana da gema
É um samba de amor
Que a moça gostou
Gostou do poema
Carioca da clara pra
Baiana da gema

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Amor (1982)

Notapor Roy58 » Dom 11 Ene, 2015 1:47 am

Imagen



Versión de Ivan & Lucinha Lins AQUÍ! :flecha:

Letra

Vem se mostrar
Vem me convencer
Traz seus bons olhos pr'eu ver

Vem me buscar
Vem me seduzir
Que estou pronto pra ir

Vem me encantar
Me tirar dos confins
Fazer festa pra mim

Vem coração
Acender meus balões
Minhas paixões

Vem afastar as assombrações
Arejar meus porões
Vem acalmar os meus vendavais
Meus temores, meus ais

Vem e me faz cada vez mais audaz
Cada vez mais capaz
De acreditar
Que ainda posso tentar continuar

Lutar, lutar, lutar
Pra gente ser feliz
Cantar, cantar, cantar
Como a gente sempre quis

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - O Sal Da Terra (1982)

Notapor Roy58 » Mar 24 Mar, 2015 1:55 am



Versión de Beto Guedes AQUÍ! :flecha:

Letra

Anda!
Quero te dizer nenhum segredo
Falo nesse chão, da nossa casa
Bem que tá na hora de arrumar

Tempo!
Quero viver mais duzentos anos
Quero não ferir meu semelhante
Nem por isso quero me ferir

Vamos precisar de todo mundo
Prá banir do mundo a opressão
Para construir a vida nova
Vamos precisar de muito amor
A felicidade mora ao lado
E quem não é tolo pode ver

A paz na Terra, amor
O pé na terra
A paz na Terra, amor
O sal da...

Terra!
És o mais bonito dos planetas
Tão te maltratando por dinheiro
Tu que és a nave nossa irmã

Canta!
Leva tua vida em harmonia
E nos alimenta com seus frutos
Tu que és do homem, a maçã

Vamos precisar de todo mundo
Um mais um é sempre mais que dois
Prá melhor juntar as nossas forças
É só repartir melhor o pão
Recriar o paraíso agora
Para merecer quem vem depois

Deixa nascer, o amor
Deixa fluir, o amor
Deixa crescer, o amor
Deixa viver, o amor
O sal da terra

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Quem Te Viu, Quem Te Vê (1995)

Notapor Roy58 » Dom 06 Sep, 2015 8:18 pm

Composición: Chico Buarque

Imagen



Versión de Chico Buarque AQUÍ! :flecha:

Versión de Paulinho Nogueira AQUÍ! :flecha:

Versión de Nara Leão AQUÍ! :flecha:

Versión de Gal Costa AQUÍ! :flecha:

Versión de Leila Pinheiro AQUÍ! :flecha:

Letra

Você era a mais bonita
das cabrochas dessa ala
Você era a favorita
onde eu era mestre-sala
Hoje a gente nem se fala,
mas a festa continua
Suas noites são de gala,
nosso samba ainda é na rua

Hoje o samba saiu procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece
não pode mais ver pra crer
Quem jamais a esquece
não pode reconhecer

Quando o samba começava,
você era a mais brilhante
E se a gente se cansava
você só, seguia a diante
Hoje a gente anda distante
do calor do seu gingado
Você só dá chá dançante,
onde eu não sou convidado

O meu samba se marcava
na cadência os seus passos
O meu sono se embalava
no carinho dos seus braços
Hoje de teimoso eu passo
bem em frente ao seu portão
Pra lembrar que sobra espaço
no barraco e no cordão

Todo ano eu lhe fazia
uma cabrocha de alta classe
De dourado eu lhe vestia
pra que o povo admirasse
Eu não sei bem com certeza
por que foi que um belo dia
Quem brincava de princesa
acostumou na fantasia

Hoje eu vou sambar na pista,
você vai de galeria
Quero que você assista
na mais fina companhia
Se você sentir saudade,
por favor não dê na vista
Bate palma com vontade,
faz de conta que é turista

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Liberdade, Liberdade/ O Amanhã (ao vivo)

Notapor Roy58 » Dom 06 Sep, 2015 8:30 pm



Versión de Escola Imperatriz Leopoldinense AQUÍ! :flecha:

Letra

Liberdade, liberdade
Abre as asas sobre nós
E que a voz da igualdade
Seja sempre a nossa voz
Liberdade, liberdade
Abre as asas sobre nós
E que a voz da igualdade
seja sempre a nossa voz

O que será o amanhã
Como vai ser o meu destino
Já desfolhei o mal-me-quer
Primeiro amor de um menino
E vai chegando o amanhecer
Leio a mensagem zodiacal
E o realejo diz
Que eu serei feliz
Sempre feliz
Como será o amanhã

Liberdade, liberdade
Responda quem puder
Abre as asas sobre nós
O que irá me acontecer
E que a voz da igualdade
O meu destino será
Como Deus quiser
Seja sempre a nossa voz

Como será o amanhã
Liberdade, liberdade
Responda quem puder
Abre as asas sobre nós
O que irá me acontecer
E que a voz da igualdade
O meu destino será
como Deus quiser
Seja sempre a nossa voz

A cigana leu o meu destino
Eu sonhei
Bola de cristal
Jogo de búzios
Cartomante
Eu sempre perguntei
O que será o amanhã
Como vai ser o meu destino
Já desfolhei o mal-me-quer
Primeiro amor de um menino
E vai chegando o amanhecer
Leio a mensagem zodiacal
E o realejo diz
Que eu serei feliz
Sempre feliz

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Amor No Coração (1985)

Notapor Roy58 » Dom 06 Sep, 2015 8:39 pm

Composición: Simone/ Carlinhos De Pilares

Imagen



Letra

(Alô povão Brasileiro, agora é toma lá-da-cá!)
Quem viver, verá
Que não foi em vão
Eu quero é muito amor no Coração
(E quem não quer?)
Quem viver, verá
Que não foi em vão
Eu quero é muito amor no Coração
(Vai meu samba)
Meu samba não tem dose certa
É um grito de alerta
Mensagem do nosso povo
É, ô pois é, uma palavra de amor
Que não se apaga com a dor
(Por que? Por que?)
Acende um sorriso novo
É, ô pois é, uma palavra de amor
Que não se apaga com a dor
Acende um sorriso novo
(E no Coração)
No Coração festeiro, verdadeiro, Brasileiro
Se faz a esperaça em todas as crianças
Os herdeiros
(Mas o herdeiros)
De nossas raizes, dos dias felizes, que temos pra dar
O que é semeado, no nosso roçado
Se quiser vai plantar
(Chega de me-dá me-dá)
E chega de me-dá, me-dá
Agora é toma lá-da-cá
Chega de me-dá, me-dá
Agora é toma lá-da-cá
(Vai ecoar)
Vai ecoar ôôô
Nos quatro cantos da terra
Noso brado de guerra
Contra o fantasma da opressão
Simples, como uma gota no oceano
Trago do cotidiano
Trincheiras contra a invasão
Quem viver, verá
Que não foi em vão
Eu quero é muito amor no Coração

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

Simone - Então É Natal (1995)

Notapor Roy58 » Vie 25 Dic, 2015 7:24 pm

:Nav2: :Nav5: :Nav4: :Nav1: :Nav2:

Composición: Cláudio Rabello

FELIZ NAVIDAD PARA TODOS!!!


Imagen



Letra

Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, do amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem souber o que é o bem


Então é Natal, pro enfermo e pro são
Pro rico e pro pobre, num só coração
Então bom Natal, pro branco e pro negro
Amarelo e vermelho, pra paz afinal
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, o amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Harehama, há quem ama
Harehama, ha
Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Hiroshima, Nagasaki, Mururoa, ha...


É Natal, é Natal, é Natal
"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Protesto, luego existo (sin familiaridad con Descartes)
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7935
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1721
Gracias recibidas: 1669

AnteriorSiguiente

Volver a BRASIL

¿Quién está conectado?

Usuarios navegando por este Foro: No hay usuarios registrados visitando el Foro y 3 invitados