Paulo Ricardo (rss)

Paulo Ricardo - Depende (1997)

Notapor Roy58 » Jue 02 Jun, 2016 5:05 am

Composición: Abel Silva/ Fagner

Imagen



Letra

O olho por fora, o dente por dentro
Meu riso na cara do tempo
O olho por dentro, o dente por fora
Meu riso na boca do vento
Conheço a cor dos teus cabelos
Conheço a cor dos olhos teus
É verde, azul, é negro
Como uma noite sem luar, é claro
Como uma frase não dita
É dessa cor
Depende da cor da tarde morena
Depende do amor deminha pequena
Conheço a cor dos teus cabelos
Conheço a cor dos olhos teus
É verde, azul, é negro
Como uma noite sem luar, é claro
Como uma frase não dita
É dessa cor

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7824
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1692
Gracias recibidas: 1647

Paulo Ricardo - De Novo (1997)

Notapor Roy58 » Jue 02 Jun, 2016 5:13 am

Composición: Georg Israel/ Paulo Ricardo



Letra

A rotina nos corrói
Já não há ambições
Só há ressentimentos
Em nossos corações
Agora nossos ventos
Vão noutras direções

E o amor, o amor vai nos separar
O amor, o amor vai nos separar
De novo meu bem

Nosso quarto tão frio
E ninguém domeu lado
Como se eu fosse o Rio
E você fosse São Paulo
No entanto eu sinto
Coisas que já não falo

E o amor, o amor vai nos separar
O amor, o amor vai nos separar
De novo meu bem

E nos seus pesadelos
Meus defeitos estão expostos
E quase posso vê-los
Dentro do meu remorso
E o que era tão bom
Já não quero, não posso

E o amor, o amor vai nos separar
O amor, o amor vai nos separar
De novo meu bem

Tudo quer trazer
Você de volta pra mim
Tento te esquecer
Mas vejo que não tem fim, não tem fim

E o amor, o amor vai nos separar
O amor, o amor vai nos separar
De novo meu bem
E o amor, o amor vai nos separar
O amor, o amor vai nos separar
De novo meu bem

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7824
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1692
Gracias recibidas: 1647

Paulo Ricardo - Não Identificado (1997)

Notapor Roy58 » Jue 02 Jun, 2016 5:22 am



Letra

Eu vou fazer uma canção prá ela
Uma canção singela, brasileira
Para lançar depois do carnaval
Eu vou fazer um iê-iê-iê romântico
Um anticomputador sentimental

Eu vou fazer uma canção de amor
Para gravar num disco voador

Uma canção dizendo tudo a ela
Que ainda estou sozinho, apaixonado
Para lançar no espaço sideral
Minha paixão há de brilhar na noite
No céu de uma cidade do interior

Como um objeto não identificado
Como um objeto não identificado
E ainda estou sozinho e apaixonado

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7824
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1692
Gracias recibidas: 1647

Paulo Ricardo - Felicidade (1997)

Notapor Roy58 » Jue 02 Jun, 2016 5:28 am

Paulo Ricardo - Felicidade (Love Of My Life) (1997)

Composición: Freddie Mercury versión: Paulo Ricardo



Letra

Felicidade agora
Você me deixou e foi embora
Felicidade eu não sei
De você, nem de mim
Deixei que você se fosse
agora sofro
Sem você aqui

Felicidade escuta
E vê se me entende e me desculpa
Felicidade eu não sei
De você, nem de mim
Deixei que você se fosse
agora sofro
Sem você aqui

É bem possível, que você
se esqueça
De tudo que houve entre nós

Mas aconteça o que acontecer
Estarei do seu lado
Porque te amo

já não sei de nós dois
Deixei que você se fosse
agora sofro
Sem você aqui

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7824
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1692
Gracias recibidas: 1647

Paulo Ricardo - Você É A Canção (1997)

Notapor Roy58 » Jue 02 Jun, 2016 5:37 am

Composición: José Miguel Wisnik



Letra

Você
É a canção
À procura de um tema
Você
É a sensação
À procura de um poema
Você
É a solução
À procura de um problema

Temas, poemas, problemas
Não faltarão, não
Você sim
Ao meu coração
Temas, poemas, problemas
Não faltarão, não
Você sim
Ao meu coração

Então, não vem, não
Fazer cena de cinema,
Estrela na escuridão
És a luz desse sistema
E não há na imensidão
Nada que você mais tema

Cenas, cinemas, sistemas
Não faltarão, não
Você sim
Ao meu coração
Cenas, cinemas, sistemas
Não faltarão, não
Você sim
Você sim

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7824
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1692
Gracias recibidas: 1647

Paulo Ricardo - Lilás (1997)

Notapor Roy58 » Jue 02 Jun, 2016 5:45 am

Composición: Djavan



Versión de Djavan AQUÍ! :flecha:

Letra

Amanhã outro dia, lua sai ventania
Abraça uma nuvem que passa no ar
Beija, brinca e deixa passar
E no ar de outro dia, meu olhar surgia
Nas pontas de estrelas perdidas no mar
Pra chover de emoção, trovejar...
Raio se libertou,clareou muito mais
Se encantou pela cor lilás
Prata na luz do amor, no céu azul
Eu quero ver o pôr-do-sol
Lindo como ele só
E gente pra ver e viajar
No seu mar de raio

"¡El hombre se hace viejo muy rápido pero se hace sabio demasiado tarde!"
Avatar de Usuario
Roy58
Moderador
 
Mensajes: 7824
Registrado: Mié 14 Feb, 2007 10:58 pm
Ubicación: Puente del Mundo, Corazón del Universo
Gracias dadas: 1692
Gracias recibidas: 1647

Anterior

Volver a BRASIL

¿Quién está conectado?

Usuarios navegando por este Foro: No hay usuarios registrados visitando el Foro y 1 invitado